sexta-feira, 27 de novembro de 2015

7 VARIAÇÕES SOBRE SONETOS

Já podes dormir coração cansado


Soneto da Fidelidade



Os dias mortos, sim, onde enterrá-los?

Rugia nos  meus centros cerebrais


Sete anos de pastor Jacó servia

Ora (direis) ouvir estrelas!



A garupa da vaca era palustre e bela

>>>




quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Carta de H.P. Lovecraft para J.L. Borges


10 Barnes St., Providence R.I.,
Outubro 2, 1928    
Caro Señor Jorge Luís Borges:–

Receber uma carta de Buenos Aires, da distante Argentina, elogiando ‘The Colour Out of Space’ me deixou surpreso e encantado. Não calculava que a Amazing Stories chegasse tão longe e alcançasse leitores tão variados e interessantes. Suas observações acerca do conto são instigantes. Destaca o paradoxo de tentar descrever uma cor que induz o próprio sentido da visão ao engodo; correlaciona a poeira cinzenta, que vento nenhum dissipa, com o fim dos tempos; e lembra que sete homens testemunharam a transubstanciação da cor num raio luminoso apontado para Deneb. Depois de tudo isso não me espantou saber que é escritor, a elegância e articulação da missiva não deixam dúvidas. Desconfio também que foi alfabetizado em inglês.

Procurei Buenos Aires no globo, constatei que fica na foz de um rio, como Providence – só que muito maior. Na verdade, cada vez que examino o mapa da América do Sul embarco numa viagem de divagações.